Ó filhos de Sião, honrai o Rei dos reis

Louvores altos Lhe cantai, louvores altos Lhe cantai.

Guardai as santas leis, guardai as santas leis.


Sião é a nossa santa e gloriosa cidade
Também perene morada dos crentes em Cristo Jesus


Os que do mundo são, a Deus não dão louvor

Mas filhos do celeste Rei, mas filhos do celeste Rei.

Louvai ao Salvador, louvai ao Salvador.


Sião é a nossa santa e gloriosa cidade
Também perene morada dos crentes em Cristo Jesus


Dos montes de Sião provém delícias tais,

Que de prazer nos enchem mais, que de prazer nos enchem mais.

Que gozos terreais, que gozos terreais.


Sião é a nossa santa e gloriosa cidade
Também perene morada dos crentes em Cristo Jesus


Ó venham nO louvar os que seus filhos são

E se ergam já a demandar, e se ergam já a demandar.

As plagas de Sião, as plagas de Sião.


Sião é a nossa santa e gloriosa cidade
Também perene morada dos crentes em Cristo Jesus


Robert Lowry (1826-1899)
Isaac Watts (1674-1748)
Arranjo adaptação e gravação mp3: AFDahmen